top of page

Uma dica chave para ampliar a criatividade

Atualizado: 7 de jan. de 2022

Para ter mais criatividade, amplie o foco do seu olhar.

Uma das etapas do processo criativo é o pensamento divergente, que é o momento de partir de um ponto, um problema, e pensar o máximo de direções, soluções possíveis.


Mas aqui, no caso de pensar sobre a ampliação do foco, trago uma outra abordagem que diz da importância de não ficarmos obcecados pela resolução criativa de um problema. É comum, quando estamos em busca de uma resposta, ficarmos pensando o tempo todo no problema. É como aqueles desafios de inteligência (enigmas) que a gente não sossega até encontrar a resposta. Porém, foco excessivo não ajuda na criatividade, porque a tendência quando se está nele é tentar buscar a melhor, a mais funcional, a mais plausível solução e não a mais louca, diferente ou inusitada.


A criatividade é como o desapego, ela precisa de espaço para fluir. Ela precisa, muitas vezes, do improvável. Pense como uma relação entre casal onde um dos parceiros é ciumento e sufocante. O que ele deseja é sempre estar no controle do outro e não gosta que se faça nada de diferente. Já o parceiro, quando aceita o ciúme, se despersonaliza e passa a viver sem espontaneidade e sem brilho próprio. Com a criatividade é assim. Por isso, não podemos ser como o parceiro ciumento, mas, sim como alguém que quer ver o outro crescer e enxergar novos horizontes. Essa segunda atitude transforma a relação e a torna mais feliz, concorda?


Uma dica que às vezes uso para criar a ampliação do foco é, diante de um problema, me perguntar: qual seria a última coisa que faria para resolver isso? Qual é a saída mais louca ou sem noção para isso? Se eu fosse criança, qual seria a minha solução? Fazer isso não significa que se vai utilizar as respostas e aplicá-las, pelo contrário. Mas é, justamente, essa atitude que quebra o padrão cerebral e abre conexões mentais para uma solução que, além de adequada, poderá ser mais criativa. Experimente. Gostou da dica? Deixe o seu comentário.

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page